Kofax FraudOne

Detecte fraudes em cheques em tempo real com uma solução com base em imagens

Desenvolvido em colaboração com seis dos principais bancos americanos, o Kofax FraudOne® possibilita aos usuários detectar fraudes em cheques em tempo real e transações “dia 1” e do “dia 2”. Em uma era em que 82% das empresas pesquisadas afirmam que cheques são o principal alvo de fraudes em seus negócios1, o Kofax FraudOne é uma solução madura de detecção de fraudes com base em imagem.

À medida que as instituições financeiras oferecem cada vez mais opções para transações (p. ex.: depósito remoto usando dispositivos móveis), os criminosos continuam a criar métodos de fraude mais sofisticados e de difícil detecção. O Kofax FraudOne combate essas fraudes e minimiza a exposição com detecção de fraudes flexível e disponível no ponto de captura e na compensação. A velocidade e precisão do Kofax FraudOne na identificação de possíveis fraudes ajudam a aprimorar a experiência do cliente sem aumentar a exposição a fraudes.

Benefícios

Usa a captura de assinaturas eletrônicas – Trabalha em conjunto com a solução Kofax SignDoc® usando assinaturas eletrônicas capturadas para preencher o banco de dados de referência de assinaturas.

Diversas opções de implementação – A detecção automática de fraudes em cheques pode ser implementada para depósitos de cheques internos usando dispositivos móveis, ATMs com suporte a imagens e caixas convencionais.

Integra-se a sistemas existentes – Conexão fácil a diversos mecanismos de detecção de fraudes e outros sistemas bancários.

Personalizado de acordo com seus requisitos – Permite que os bancos personalizem suas próprias regras e ponderações.

Como o Kofax FraudOne funciona

O Kofax FraudOne usa um banco de dados avançado que armazena assinaturas de referência e estoque de cheques, bem como informações adicionais sobre as contas. Os itens de cheques podem ser processados pelo Kofax FraudOne em tempo real ou em modo de lote, identificando itens possivelmente fraudulentos. As decisões de pagar/não pagar fundamentam-se em critérios de pontuação definidos pelo banco (além de outros fatores) e são respaldados pelo nosso exclusivo mecanismo Combined Risk Score (CRS ).

Mecanismo Combined Risk Score

Controles limitados sobre a assinatura ou o estoque de cheques não são suficientes para detectar criminosos cada vez mais sofisticados. O mecanismo CRS do Kofax FraudOne usa diversos recursos para a identificação mais precisa de cheques fraudulentos.

O mecanismo CRS considera vários fatores ponderados e usa informações de sistemas externos para tomar uma decisão inteligente, incluindo a comparação da assinatura do cheque com a assinatura de referência arquivada. Além disso, o Kofax FraudOne identifica discrepâncias no estoque de cheques, determina se um item é um débito automático (PAD) e verifica se o beneficiário está na lista de bloqueios ou lista de autorizações especificada pelo banco.

Se um cheque é considerado fraudulento, o item é colocado em uma fila de verificação visual para revisão pelos analistas de fraudes do banco. Os analistas acessam a fila por meio da estação de trabalho de analista de fraudes, um aplicativo de software cliente que possibilita o acesso ao sistema de retaguarda usando um navegador da web thin ou um aplicativo cliente instalado localmente.

 

1 Pesquisa de fraude e controle de pagamentos da AFP - 2014